José Trajano

José Trajano - ultrajano

Sejam bem-vindos ao Ultrajano!

Aqui tratamos preferencialmente de esportes, política, cultura geral e direitos humanos.

Somos uma plataforma de artigos de colunistas, reportagens, entrevistas, bate-papos, compartilhamento de notícia, dicas e principalmente programação ao vivo.

Tudo sob o comando de José Trajano, um dos mais respeitados jornalistas do Brasil.

Posts mais visitados



Acompanhe:

Paulinho Caneleiro em um típico sábado de vázea

Postado por em 12/dez/2017

Paulinho Caneleiro

“Passeando casualmente pelo campo, com olhos de quem não quer nada, Paulinho, camisa 9, não era bom jogador e nem se preocupava com isso. Sabia que não estava ali para protagonizar nada, para abalar nada”

Várzea, ah, a várzea…

Engraçado como ela se apoderou de todas as minhas vírgulas, do quanto que hoje me importa pegar o bloco de papel, a caneta Bic e rumar em busca da santa pauta que sempre jorra à vera por esses campos de terra do ABCD. Tem sido assim sempre, desde que comecei a me enveredar por esses caminhos. A cada toque em uma bola de capotão, vem uma história de vida, um sonho, uma ilusão, uma desilusão, um drama, um amor, algumas dores. Oras… Leia Mais

Hamlet no Lavínea e o blues do picolé de framboesa

Postado por em 05/dez/2017

Futebol de varzea

“A poesia do futebol de várzea mora na improbabilidade, no imprevisto, no insólito. No que há de mais corriqueiro aos olhos nus da normatividade das rotinas diárias, está o que na várzea inevitavelmente acaba se tornando épico”

Sim, o Cronista está feliz.

Com todos os raios multicoloridos de um domingo em fúria e seu calor absolutamente dantesco, aqui estou eu, poeta das letras ludopédicas, buscador renitente de um verso lírico, sagaz caçador de poemas improváveis, vivendo um daqueles amores que redimem o homem de todas as besteiras que ele faz. Leia Mais

O coração de Jojó e o título do Cafezal

Postado por em 28/nov/2017

Várzea

“É de paixão e poesia que vive um homem da várzea. A ele nada demais está reservado a não ser o amor pelo que faz…”

Eram jogados no estádio do Baetão alguns minutos de jogo.

Por um punhado de sonhos e mais algumas ambições poucas que se almeja amiúde, os times do Cafezal e do Esporte Clube Cordeiro lutavam por um título na final do campeonato da Primeira Divisão da cidade de São Bernardo. Primeira, que na verdade é segunda… Leia Mais

Nanã é zagueirão. E anti-herói é o diabo!

Postado por em 21/nov/2017

Renato Stockler

“É o zagueirão cara de mau típico. Não fica de risinho, não gosta de gracinha, não perde tempo, não inventa moda, não perde bola pra atacante nem tempo”

A várzea da vez em Mauá…

Para mim, a ida até essa cidade sempre tem um charme, um elã de algo muito especial que me acomete quando saio da redação do jornal rumo aos bons terrões de lá. Uma sensação muito boa, gostosa, me sinto muito bem. Leia Mais

Ode a Nilsinho, o 10 que desafiou a mesmice

Postado por em 14/nov/2017

Ode a nilsinho, o 10 que desafiou a mesmice

“Rápido, habilidoso, inteligente, cerebral, Nilsinho joga futebol da mesma forma que um Spalla cuida de uma orquestra sinfônica empunhando seu violino”

O exercício do cronista ludopédico que vai à várzea todos os domingos de manhã é um ato de fé. Leia Mais

O triste destino do camisa 18 da várzea

Postado por em 07/nov/2017

camisa 18
“De cabeça baixa pelo campo, seu andar era devagar, como de quem carregava todas as culpas do mundo nas costas…”

Na ensolarada tarde de sábado, poucos notaram o camisa 18 do time de amarelo no campo do Ferrazópolis.

Para falar a verdade, nem mesmo o Cronista o viu. Leia Mais